Portal Oficial - Prefeitura Municipal de São Miguel do Oeste - SC

Notícias

Você está em: Home • Notícias • Conselho dos ex-Prefeitos aumenta força política em favor da Ponte Internacional

Conselho dos ex-Prefeitos aumenta força política em favor da Ponte Internacional

Polícia Federal já está presente no local, e faltam detalhes para que possa iniciar o serviço de imigração. Próximo passo será a busca da estrutura aduaneira, com a vinda da Receita Federal.

Mais uma reunião do Conselho dos ex-Prefeitos de São Miguel do Oeste foi realizada na tarde da última sexta-feira (03). Estiveram reunidos, atendendo convite do prefeito Wilson Trevisan, três de seus antecessores: João Carlos Valar, Gilmar Baldissera (Gica) e José Carlos Zandavalli Fiorini (Juca). O ex-prefeito Nelson Foss da Silva também foi convidado, mas não pôde estar presente.

Inicialmente, o Conselho fez uma breve reunião no Gabinete do Prefeito. Em seguida, se deslocou para o município de Paraíso, onde o atual e os ex-prefeitos de São Miguel do Oeste foram recebidos pelo prefeito Valdecir Casagrande. O assunto em pauta foi a Ponte Internacional Peperi-Guaçú, e os próximos passos que devem ser dados para início efetivo do serviço de Imigração no local, e posterior instalação da Receita Federal.

A Polícia Federal já está atendendo 12 horas por dia na estrutura ao lado da Ponte. De acordo com os profissionais, as adequações físicas solicitadas, e que foram feitas pelo Município de Paraíso, são suficientes para viabilizar os serviços de Imigração. Falta apenas, a instalação de um link para acesso de internet via satélite, e a destinação de um código de área que identificará este posto imigratório. Os dois serviços estão sob a alçada da própria Polícia Federal. Até que eles sejam supridos, o que deve acontecer ainda este ano, os policiais federais estão realizando serviços de segurança e orientação para quem passa pelo local.

FORÇA POLÍTICA

O prefeito Wilson Trevisan lembra que os trâmites para reconhecimento legal da Ponte Internacional e sua utilização plena, foram divididos em etapas, que estão sendo vencidas uma a uma. “Primeiro, conseguimos o reconhecimento por parte do DNIT; depois, obtivemos a aprovação da ANTT; em seguida, foi a Polícia Federal que confirmou sua vinda para a Ponte, e já está instalada. Nos próximos meses, inicia o serviço de imigração. Depois, precisaremos mostrar nossa união e força política para viabilizar a vinda da Receita Federal e de toda a estrutura aduaneira”, explica Trevisan.

MOVIMENTO

A expectativa é de que, com a instalação da Imigração em Paraíso, mais de 120 mil turistas passem a utilizar esta rota anualmente, movimentando, em consequência, o comércio e a economia regional.


Galeria de imagens

COMPARTILHE:

Copyright © 2009-2018 Prefeitura Municipal de São Miguel do Oeste - SC.
Todos os direitos reservados.

DBlinks Agência Digital