Portal Oficial - Prefeitura Municipal de São Miguel do Oeste - SC

Notícias 

Você está em: Home • Notícias • Município tem sete casos suspeitos de Zika

Município tem sete casos suspeitos de Zika

São Miguel do Oeste está com sete casos suspeitos de Zika, doença transmitida pelo mosquito Aedes Aegypti, o qual é responsável também pela Dengue e Chikungunya. Diante desses dados e do crescimento acelerado de focos, que já ultrapassam a marca de 460 em toda a cidade, a Prefeitura, junto com a Secretaria de Saúde, convocou a imprensa para uma coletiva na manhã desta sexta-feira, dia 04.

O prefeito João Valar convoca todos os moradores para contribuir, cuidar dos arredores dos seus lares, onde há depósito de água, não lançar lixo em locais impróprios, especialmente terrenos baldios para que São Miguel do Oeste não sofra com uma possível epidemia das doenças transmitidas pelo mosquito Aedes Aegypti.

Participaram da coletiva, junto com o prefeito e secretário de Saúde, Airton Macarini, as secretárias de Educação, Silvia Kuhn, de Assistência Social, Claudete Fabiani, o capitão Souto do 14º RCMec, a coordenadora de Zoonoses da Gerência Regional de Saúde do Estado, Aline Zandonai, a coordenadora do Setor da Dengue no município, Rafaela Perondi, o procurador Alessandro Tiesca e o assessor do vice-prefeito Sérgio Volpi.

O secretário afirmou que a situação está muito preocupante e a população precisa tomar atitudes de prevenção, e, especialmente no caso da Zika, podem ocorrer complicações na gestação. “Há suspeitas que a Zika é responsável por casos de microcefalia. A orientação é que todos usem repelentes, especialmente mulheres grávidas. Há muitos anos os governos investem em campanhas de conscientização, mas parece que a realidade não muda. Nós, os cidadãos, somos culpados por tudo isso. Se cada fazer a sua parte vamos combater a proliferação deste mosquito”, comentou Macarini.

AÇÃO DE CONTROLE COM APOIO DO EXÉRCITO

Durante a coletiva o capitão Souto do 14º RCMEC falou do apoio que o Exército dará em São Miguel do Oeste, sendo que o mesmo foi solicitado e oficializado nesta semana pelo prefeito Valar.

Em conjunto com a equipe da Dengue e das Secretarias Municipais, o Exército vai atuar num grande mutirão de limpeza na cidade e também em visitas domiciliares. A data ainda não está agendada, mas nos próximos dias deve ser divulgada.

Hoje, segundo dados do setor, a maioria dos focos são encontrados em depósitos de lixo e nas residências, em locais como calhas, potes de flores, enfim onde há água parada.


Galeria de imagens

COMPARTILHE:

Copyright © 2009-2017 Prefeitura Municipal de São Miguel do Oeste - SC.
Todos os direitos reservados.

DBlinks Agência Digital